skip to Main Content

Início de obra no Centro é anunciado na Associação Comercial

Prefeito Marcus Melo e secretários detalham projeto de revitalização das praças centrais em reunião com dirigentes

As obras de revitalização das praças Oswaldo Cruz, Sacadura Cabral e Diego Leme Chavedar, na região central da Cidade, aguardadas pelos comerciantes para alavancar as vendas na área do Complexo Viário Jornalista Tirreno Da San Biagio, devem ter início nos próximos dias. Os trabalhos com investimento total previsto de R$ 3.930.632,99 serão executados pela empresa Fasul Pavimentação e Consultoria, vencedora da licitação, e têm prazo de 18 meses para entrega. O anúncio da nova etapa do projeto de revitalização da região central foi feito na manhã de hoje (14-02), pelo prefeito Marcus Melo (PSDB), na sede da Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC), em reunião com a diretoria da entidade e também do Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio).

A proposta de renovação urbanística das três praças prevê a instalação da base de monitoramento da Guarda Municipal na Oswaldo Cruz, com central de câmeras para aquela região, iluminação pública em LED, rede wi-fi, priorização dos pedestres, novos mobiliários urbanos, arborização, pisos drenantes, reorganização do sistema viário e criação de 21 vagas de estacionamento na Praça Diego Chavedar (antigo posto de gasolina na bifurcação das ruas Cabo Diogo Oliver e Hamilton Silva e Costa).

“A revitalização da área central da Cidade é muito importante porque atende a todos os mogianos e, inclusive, pessoas de fora da Cidade, porque temos ali a estação da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), que traz um grande movimento a Mogi. A obra vai atender ao desejo dos comerciantes, ampliará a segurança na área e favorecerá o fluxo de pedestres, além de oferecer um local adequado e moderno para convivência”, explica o prefeito Marcus Melo.

O presidente da Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC), Marco Zatsuga, destaca que a revitalização é uma reivindicação dos comerciantes e moradores da Cidade. “Todos serão beneficiados porque esta é uma região importante, por onde muitas pessoas passam diariamente. O comércio ganhará muito com a obra porque haverá a canalização de mais pessoas para aquela área, com maior segurança e atrativos”, avalia.

Para o diretor da Associação Comercial, Roberto Assi, o projeto anunciado hoje pelo prefeito é a “cereja do bolo”, o que faltava para a revitalização da área central da Cidade. “Esta obra vem sendo bastante aguardada pelos comerciantes e moradores da região, que tanto sofreram durante a construção do complexo viário. O projeto irá valorizar o centro e atrairá consumidores, cabendo também aos comerciantes investimentos para a melhoria dos seus estabelecimentos”, considera.

Segundo o secretário municipal de Obras, Walter Zago, os trabalhos começarão nos próximos dias. “O contrato com a empresa já foi assinado e estamos planejando a melhor forma de organização para execução das obras com o mínimo de impacto aos pedestres. Começaremos pela Praça Oswaldo Cruz, juntamente com a Sacadura Cabral, deixando, neste momento, a Praça Diego Chavedar como base para a obra, porque tem fluxo menor de pessoas, mas os serviços serão concluídos lá”, detalha.

O projeto, de acordo com o secretário municipal de Planejamento e Urbanismo, Claudio de Faria Rodrigues, prioriza os pedestres e beneficia os comerciantes. “Além do monitoramento e da rede wi-fi, estão previstas área de embarque e desembarque para os pedestres que seguem para a estação de trem, faixa de travessia elevada, readequação de passeio, instalação de pontos de ônibus, de bicicletários e de ponto de táxi, reorganização do sistema viário e espaço para carga e descarga no comércio local”, completa.

O secretário municipal de Segurança, Paulo Roberto Madureira Sales, destaca que a instalação da Guarda Municipal no local que no passado foi ocupado pela base da Polícia Militar, funcionará como central de monitoramento regionalizada. “Isso vai dinamizar muito o atendimento às ocorrências e também garantirá uma resposta mais rápida para o que houver naquela área”, aposta.

O Sincomércio apoia a iniciativa. “Este monitoramento por câmeras, a base da Guarda Municipal e os investimentos que esta região do Centro receberá, com certeza ajudarão a reduzir a presença de moradores de rua nestas praças, o que vinha gerando muita reclamação dos comerciantes e pedestres que passarão a contar com maior segurança”, ressalta Valterli Martinez, presidente do Sincomércio.

O secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida, destacou as intervenções que serão feitas. Entre elas, o alargamento da Rua Dr. Deodato Wertheimer e o deslocamento da Rua Barão de Jaceguai no trecho da Praça Oswaldo Cruz, com a mudança na baia de ônibus hoje existente na Barão. “São alterações para melhorar a fluidez do trânsito e dar maior mobilidade e segurança aos pedestres”, conclui o secretário.